segunda-feira, 6 de maio de 2013

ALOPECIAS NÃO HORMONAIS


Alopecias não hormonais
Alopecia sazonal dos Flancos e Alopecia pós tosa
Ambas se manifestam histologicamente como  Displasia Folicular
É uma interupção no ciclo piloso que promove a perda abrupta do pelame que espontaneamente desaparece nas mudas seguintes. Pode estar relacionada com estações do ano determinadas (início da primavera ou final do outono, como por exemplo, na Alopecia sazonal dos Flancos, fotos 1, 2).
No caso da Alopecia pós tosa, acredita-se que a tosa ocorreu justamente no intervalo do ciclo de crescimento piloso, entre o descanso e o crescimento propriamente dito, ou a tosa pode ter promovido alterações de temperatura e alterações de perfusão vascular. Pode ocorrer em qualquer raça, mas é mais comum nos Huskies e no Chow Chow (fotos 3,4,5)
Sintomas principais
Perda de pelo disseminda ou localizada, mantendo a pele íntegra. As áreas alopécicas tornam-se hiperpigmentadas.
1

2

3

 4

 5
 
Dra. Andrea Fermann Nagelstein
 
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário