quarta-feira, 2 de março de 2016

HIDRATAÇÃO É TUDO!!

UM EXCELENTE COMPOSTO É AQUELE QUE CONSEGUE UNIR NUMA MESMA FORMULAÇÃO COMPONENTES hidratantes+ umectantes + emolientES

Entendendo a pele e os princípios para beneficio da pele ressecada

A quantidade de água na pele é reduzida naturalmente com o aumento da idade e em pacientes atópicos, nos quais a quantidade de NMF ( FATORES DE HIDRATAÇÃO NATURAL) produzida são deficientes,  fazendo com que a pele se torne mais seca e menos hidratada. Outros fatores como exposição ao sol e  uso de detergentes ou solventes de alguns shampoos também levam a pele predisposta a ressecar mais.
 De acordo com a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), uma substância emoliente amacia e suaviza a pele, a hidratante é aquela que aumenta o teor de água da pele e ajuda a mantê-la macia e a umectante mantém e retém a umidade.
Entenda melhor as diferenças:
Emolientes
São substâncias como óleos ou lipídios, que têm finalidade de suavizar, amaciar ou tornar a pele mais flexível. Os emolientes diminuem a perda transepidermal de água e mantêm o nível adequado de umidade no estrato córneo, permitindo flexibilidade cutânea.
A presença de umidade no interior das células córneas mantém a maciez e a elasticidade da pele jovem e sadia. O envelhecimento e as agressões ambientais colaboram na redução da capacidade de retenção de água da pele, tornando-a seca e rugosa. Em geral, os cremes possuem pelo menos um emoliente em sua composição. São dados pelos óleos vegetais, ácidos graxos (ômega 6 e 3) e lipídios não gordurosos que espalham facilmente na pele, conferindo-a uma textura de maciez e flexibilidade.
Umectantes
São substâncias que contêm água em sua formulação e, quando aplicadas na pele, criam uma camada protetora, que protege a pele de perder água para a atmosfera, mantendo-a umedecida.  Essas substâncias não permeiam no estrato córneo, elas formam um filme hidrofílico sobre a pele, retendo água na superfície da camada córnea. Hidrolisados de proteína animal ou vegetal são usados como umectantes nos cremes.
Dentre eles destacam-se também a glicerina, D-pantenol, ácido hialurônico, óleos e extratos vegetais. Os óleos vegetais são os melhores agentes umectantes, pois eles repõem o filme hidrofílico da pele mantendo a água na superfície da camada, deixando-a hidratada. O ácido hialurônico é uma substância encontrada na pele e atua preenchendo os espaços entre as células, deixando a pele com um aspecto liso e bem hidratado. A concentração desse ácido diminui conforme a idade, sendo um dos motivos de aparecimento de rugas e de ressecamento. A adição desse composto nos cremes ajuda tanto na hidratação, já que ele retém água na pele - um grama de ácido consegue reter três gramas de água - quanto a suavizar rugas e marcas de envelhecimento.
Hidratantes
Diferentemente dos umectantes e emolientes, os agentes hidratantes conseguem permear na camada córnea, ligando-se às moléculas de água, retendo-as em toda sua extensão não somente superficialmente. Uma das substâncias hidratantes mais utilizadas na cosmética é a ureia. Presente no NMF, ela tem alta capacidade de se ligar à água ao longo da camada córnea, proporcionando a hidratação da pele.
A queratina (composta na camada córnea) liga-se mais à água na presença de ureia, deixando a pele mais hidratada. Esse fato torna a ureia um verdadeiro hidratante e não um umectante que ligaria a água apenas na superfície da pele. O NMF também é composto de aminoácidos como a arginina, que tem grande afinidade com moléculas de água. Quando associada à ureia, o efeito de ligação é potencializado aumentando o conteúdo de água na camada córnea, proporcionando assim um grande efeito de hidratação. No entanto, a Anvisa estabelece uma concentração máxima de 3% de ureia nos produtos com finalidade cosmética (acima disso pode causar irritação)


Nenhum comentário:

Postar um comentário

COMENTÁRIOS E ELOGIOS SOBRE O BLOG

Olá Doutora, fiquei muito feliz em encontrar alguém que esclareça nossas dúvidas . Anônimo Olá! achei suas explicações bem esclare...